NOVA SAFRA BRASILEIRA: NEOGÓTICO TROPICAL

CulturaDesignFashionGeralNovidadesTendências

Nem só de cores vibrantes vive a moda brasileira. Uma nova safra de estilistas inspirados pelo balé e pela arquitetura brutalista, conforme relata Pedro Diniz em coluna para a Folha de São Paulo, bebe da fonte do minimalismo para dar vida ao neogótico tropical, onde predominam tons neutros, modelagens amplas e detalhes estruturados.

Túnicas, camisões, assimetria e amarrações são o toque de modernidade que as peças de modelagem ampla precisam para encantar os consumidores urbanos que prezam por conforto e requinte. O básico nada básico também é versátil e tem seu ponto alto no encontro com matérias-primas premium, que transformam todo o esforço da modelagem em peças sofisticadas.

E em tempos de athleisure, a liberdade de movimento é atributo indispensável também para este estilo soturno. As criações de estilistas como Alex Kazuo, Lucas Menezes e Carlos Penna exploram o caimento e a maciez das malhas, que protagonizam looks com alto valor agregado que também refletem os desejos de um determinado nicho de consumidores brasileiros, com aspirações pautadas pelo consumo consciente que acaba por se refletir no estilo de vida e no design da roupa.

Esta entrada foi publicada em Cultura, Design, Fashion, Geral, Novidades, Tendências e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.
_ Publique um comentário